.

.

30 de set de 2008

Pedaços

Queria ter a determinação da Madonna
A simpatia da Ivete Sangalo
A beleza da Ana Paula Arósio
No meu próprio coração.

Queria ter a fluência do Maluf
A animação da Hebe
A inesgotável esperança da mamãe
E ainda os meus próprios filhos.

Escrever como Machado de Assis
Ser iluminada como Vinícius de Moraes
Ter a sensibilidade tocante do Chico Buarque
E continuar querendo entender as pessoas.

Queria a capacidade de renúncia de São Francisco de Assis
A força interior de Joana D'Arc
Falar de Jesus como o Pastor Rosivaldo
E ainda ter o mesmo passado de cuidadora de bebês.

Amar como Florbela Espanca
Como Mandela, ainda conseguir sorrir depois de tudo
Ter as mãos benfazejas de uma massagista
Ainda em minha pele morena.

Queria ser tudo o que sou
E mais o que não tenho
Sem com isso deixar de ser
Essa Cristina que você não conhece.


Cristina Faraon


Postar um comentário