.

.

11 de abr de 2012

Dose pra hoje

Entenda de uma vez por todas: você não sabe o que é melhor para a sua vida. Não importa quantos anos tenha, não importa o que diz que sente ou o que alega ter vivido; não sabe  ponto final.

Odeio dizer isso, mas lá vai: ouça sempre o conselho dos mais velhos. Eles já viram mil vezes o filme que você acha que é lançamento: as futricas da sua vida.

Agora vamos conversar baixinho:  todos sabemos que você não irá seguir esse conselho mas nem por isso ele é inútil. Bons conselhos servem para evitar que você erre uma segunda vez. Porque da primeira ninguém escapa.

Sei que você está pensando que "se isso for verdade, então tudo é mesmo uma merda."  Estacione seu pensamento aí e então tudo será uma merda mesmo.

Se os sábios-malas pudessem entrar no seu corpo para passar uns tempos curtindo a sua vida, com certeza eles se sairiam bem melhor do que você  está se saindo hoje.

Sabe esse pessoalzinho ralo, que tem horror à reflexões e só se dedica às abobrinhas da vida?  Pois é, eles estão mais certos. Todo fio da meada é um mistério irritante. Há problemas que por mais que pensemos neles, só conseguimos ficar dando voltas.
Quando nos declaramos sábios estamos sendo tolos, mas quanto nos declaramos "tolos" não estamos sendo necessariamente sábios.  Só somos sábios quando não esquentamos a cabeça com esses conceitos.  

Tudo o que não precisamos nessa vida é pisotear nossa auto estima.  Portanto, se quiser desenvolver a inteligência e exercitar o cérebro, tire seus draminhas do centro das atenções e vá estudar matemática ou outra coisa qualquer que ajude no orçamento.

Pronto: você já tem uma dose de sabedoria suficiente para salvar o seu dia.

Não precisa agradecer.
Postar um comentário