.

.

21 de mar de 2008

Integração

O vento não sopra. Nada é arejado.
Embora afirmem e reafirmem que tudo é passageiro
Continuo achando que as vezes esse passageiro demora demais.

Os pensamentos são os mesmos. As dificuldades também.
E nem sempre escrever ajuda.

Ajuda olhar para o céu e interpretar suas cores.
Quando cinza, pense. Quando cinza, lembre; sinta tudo de novo e reflita a respeito.
Quando negro, respeite o mistério; pense no além, suba um degrau.
Quando azul sorria. Apenas sorria porque tudo estará colorido e você está mais jovem que ontem.
Olhe e interprete o céu. Siga a chuva.
Integre-se alegremente ao aleatório.
Acho que essa é a resposta.

Cristina Faraon
Postar um comentário