.

.

7 de jun de 2008

Nada


Ele está na cozinha. Eu estou aqui.
Estamos calados. Não falta assunto - sobra.
E tanto sobra que aflige
E tanto aflige que cala. e Tanto cala que pesa.

Não voaram pratos nem sapatos
Nem pássaros ou corações transpassados
Tudo está inerte e em seu lugar
E tudo espera. Tudo.

Menos o tempo.

Cristina Faraon
Postar um comentário