.

.

9 de ago de 2008

Legado

Se te olho pensativa
E sorrio e nada falo
Nessa tarde cansativa
De temor e de regalo...

(Leia o texto completo)

Postar um comentário