.

.

29 de dez de 2008

Bom e de graça!

Sabe esse lance de que "a felicidade está em aproveitar as coisas simples da vida?" Pois não é que é verdade?

Ontem a noite, depois de dar uma corrida "pela honra da firma" resolvi tomar um banho diferente. Eu já estava ha mais de ano sem usar o chuveirão lá do fundo do meu quintal, então resolvi porque à noite não tem iluminação por lá. Então...

Gente, uma delícia! Eu ali no escuro em "trajes sumaríssimos" (isso é um eufemismo) tomando banho frio nos fundos quintal, lá no cantinho olhando o céu cheinho de estrelas. Vento... silêncio... e o melhor: o gostinho de travessura... Sabe aquele gosto assim de coisa que não deveria ser feita mas é booooooommm?

Ora vejam, algo simples demais e tão prazeiroso. Por que não fiz isso antes, Deus do Céu? E tudo isso aqui à minha disposição noite após noite sendo desperdiçado. E de brinde o prazer de ver minha casa de outro ângulo. Curioso; de lá pra cá ela me pareceu tão mais simpatica, aconchegante e gostosa!

Agora fica a indagação: o que será que tem por aí dentro da categoria "coisas simples da vida" que estou perdendo por simples bobeira ? Por por favor alguém por aí me dê a dica!!!!
Postar um comentário