.

.

1 de dez de 2008

Teses de mal humor (isso passa!)



1- O bom de ficar sozinho é que ninguém te enche o saco; o ruim é que ninguém te ajuda.

2- Em qualquer situação o lado ruim sempre suplanta o lado bom.

3- O lado bom é provisório; o ruim é permanente e progressivo.

4- O problema de ajudar os outros é que você está sempre se desajudando.

5- Empreste dinheiro e perca um amigo.

6- Ninguém vai ao médico para ser curado, mas para trocar de doença.

7- Marido não passa de um homem amestrado. Se o seu não é, pode ter certeza de que a amestrada é você.

8- "Seja você mesma" é a frase que desmente todos os truques para fisgar homens.

9- Anote aí: não existe "hora boa" para divorciar. (Só os malvados se divertem.)

Primeira fase: você não quer criar um bebê sozinha, quer?
Segunda fase: Ele precisa da figura do pai. Sabe como é, a sexualidade se formando... Não seja egoísta. Espere mais um pouco.
Terceira fase: ele está se preparando para o vestibular. Você não quer prejudicá-lo e estragar tudo!
Quarta fase: Deixa o menino se formar! Ou ele se forma ou se junta com aquele monte de maconheiros e a culpa vai ser toda sua.
Quinta fase: Ele está estudando para concurso e precisa de serenidade. Você não quer esculhambar com o mundinho dele.
Sexta fase: a criança quer casar... precisa do apoio dos pais. Depois você separa.
Sétima fase: Netinho! Que amor! Vocês tem toda a estrutura para ficar com o bebê enquanto o casalzinho se estabiliza na vida. Eles precisam desse apoio nesse início da vida de casados. Você vai negar?
Oitava fase: Você está um caco e as doenças mútuas tornam impráticável o exercício da liberdade. Divorciar pra quê?

11- O problema de sair de férias é que eu tenho que me levar junto.

12- As maravilhas da amizade:

Amizade é uma flor a ser cultivada. Para te-la sempre viçosa necessário se faz:

Tempo ao telefone (de preferência ao celular $)
Tempo no restaurante ($)
Tempo no barzinho ($)
Final de semana na praia ($$)
Não ingerir o homem alheio por maior que seja o seu jejum
Não fazer charme para o homem alheio por maior que seja sua vaidade
Aceitar (heroicamente!) convites para programas de índio
Fazer convites para programas de índio (vingança: uma lição de vida)
Emprestar roupas e acessórios ($)
Lembrar do aniversário ($) e principalmente e acima de tudo
Disposição para engordar junto sem reclamar ($).

É importante saber que quem quer ser magra fica em casa comendo alface. Magra, reluzente, olhando-se no espelho e sozinha.

Se isso for muito deprimente (e é!) é aconselhável ir para a academia onde só se trocam frases rápidas e sorrisos imperfeitos, mas é preferível à sepultura do seu lar.

Amizade pressupõe quilos extras. Quanto mais amigos você tem, mais gordo você será. Isso é tão certo quanto um dia seguir-se a noite. Se você diz que tem muitos amigos mas não engorda com eles, fique sabendo que está se auto enganando. O que você tem é um monte de conhecidos inúteis, personagens de sonhos e nada mais. Se você morrer talvez eles nem chorem.

Amizade e gordura funciona mais ou menos com a proporcionalidade de sucesso econômico e o carrão. Pode não corresponder 100% mas tem alguma coisa a ver sim. Na questão da balança a genética pode influenciar assim como na questão "sucesso financeiro" várias outras questões podem influenciar (mau gosto, humildade, endividamento etc) mas repito: tem a ver.

Exceto as pequenas exceções que pousam sobre todo assunto por mais bem abordado que tenha sido, o que eu acabo de dizer nessa minha estranha postagem é a mais absoluta verdade. Nada que um mal humorado diga é passível de discordância!

Quando eu melhorar escreverei coisas mais simpáticas.

Cristina Faraon
Postar um comentário