.

.

3 de fev de 2009

La mia storia fra le dita


A minha história entre os seus dedos

Sai penso che, non sia stato inutile stare insieme a te.
Sabe penso que, não se tornou inútil Ter ficado com você.
Ok te ne vai decisione discutibile ma si, lo so, lo sai.
Ok você se vai, decisão discutível mas é sim, eu sei, você sabe.
Almeno resta qui per questa será ma no che non ci provo stai sicura.
Ao menos fique aqui por esta noite a não ser que não te toque estarás segura
Può darsi già mi senta troppo solo
Pode ser que desde já comece a me sentir tão sozinho
perche' conosco quel sorriso di chi ha già deciso.
Porque conheço aquele sorriso, de quem já se decidiu.
Quel sorriso già una volta mi ha aperto il paradiso.
Aquele sorriso que já houve certa vez me abriu o paraíso.

Si dice che per ogni uomo c'é un'altra come te.
Se dizem que para cada homem tem uma outra como você.
E al posto mio quindi tu troverai qualcun'altro
E para o meu lugar, consequentemente, você irá encontrar um outro qualquer.
uguale no non credo io. Ma questa volta abbassi gli occhi e dici
igual não, eu não acredito. Mas desta vez você abaixa os olhos e diz:
noi resteremo sempre buoni amici, ma quali buoni amici maledetti.
Nos tornaremos sempre bons amigos, mas seria tal e qual um bom amigo maldito.
Io un amico lo perdono mentre a te ti amo.
Eu a um amigo perdôo entretanto a você eu amo
Può sembrarti anche banale ma é un istinto naturale.
Pode te parecer também banal mas é um instinto natural


Ma c'é una cosa che io non ti ho detto mai.
Mas existe uma coisa que eu não te disse jamais
I miei problemi senza di te si chiamano guai.
Os meus problemas sem você se chamam confusões
Ed é per questo che mi vedi fare il duro
E é por isso que me vê fazer-me de durão
in mezzo al mondo per sentirmi più sicuro.
[Em] meio ao mundo para sentir-me mais seguro
E se davvero non vuoi dirmi che ho sbagliato.
E se na verdade nem me vai dizer onde estou errado.
Ricorda a volte un uomo va anche perdonato.
Um homem recorda as vezes que antes também foi perdoado
Ed invece tu, tu non mi lasci via d'uscita.
E nessa sua estrada você não me deixou aberta uma via de saída
E te ne vai con la mia storia fra le dita.
E vai-te então com minha estória entre seus dedos.


Ora che fai, Cerchi una scusa se vuoi andare vai.
A hora você que faz. Arrume uma desculpa. Se vai embora vai!
Tanto di me non ti devi preoccupare me la saprò cavare.
Quanto ao muito de mim não deve se preocupar acharei um jeito de me desenterrar.
Stasera scriverò una canzone per soffocare dentro un'esplosione.
Esta noite escreverei uma canção para sufocar por dentro uma explosão.
Senza pensare troppo alle parole parlerò di quel sorriso di chi ha già deciso
Sem pensar muito o que nela dizer, ela falará daquele sorriso, de quem já se decidiu.
Quel sorriso che una volta mi ha aperto il paradiso.
Aquele sorriso que já houve certa vez que me abriu o paraíso.


Ma c'é una cosa che io non ti ho detto mai.
Mas existe uma coisa que eu não te disse jamais
I miei problemi senza di te si chiamano guai.
Os meus problemas sem você se chamam confusões
Ed é per questo che mi vedi fare il duro
E é por isso que me vê fazer-me de durão
in mezzo al mondo per sentirmi più sicuro.
[Em] meio ao mundo para sentir-me mais seguro
E se davvero non vuoi dirmi che ho sbagliato.
E se na verdade nem me vai dizer onde estou errado.
Ricorda a volte un uomo va anche perdonato.
Um homem recorda as vezes que antes também foi perdoado
Ed invece tu, tu non mi lasci via d'uscita.
E nessa sua estrada você não me deixou aberta uma via de saída
E te ne vai con la mia storia fra le dita.
E vai-te então com minha estória entre seus dedos.

(Veja a versão com a ANA CAROLINA - "Quem de nós dois")
Postar um comentário