.

.

25 de abr de 2012

Raiz de amargura


Às vezes penso que a mágoa é pior do que o ódio em certos aspectos. Porque o ódio é tão opressivo, dói tanto e maltrata tanto quem o sente, que o sujeito acaba lutando contra ele e fazendo de tudo para se livrar daquilo. Já a mágoa vai ficando, ficando, destruindo relacionamentos, tornando a pessoa amarga, minando a felicidade. Você pode aguentar uma mágoa por anos e anos mas teria dificuldade em suportar o peso do ódio por muito tempo. E o ódio pode ser aplacado. Já a mágoa é quase incurável. A raiz de amargura é uma desgraça.
Postar um comentário