.

.

8 de mai de 2012

O Twitter e os outros

Estou aqui só para registrar que admiro de bolão a postura aristocrática do Twitter. Ele pode não ser um poço de cultura com sua incapacidade de processar ideias mais elaboradas, mas e daí?

Digo isso porque, ao contrário do Windows e de outros programinhas insensíveis, o Twitter é o único que pede desculpas quando alguma coisa sai errada. Pode reparar. Ele assume!

Fico enternecida quando ele diz humildemente "Oh, desculpa! Nós fizemos algo de errado!"  Tão fofo, tão evoluído!  Já o Windows é uma meleca. Está se achando, parece restaurante da moda: não tá nem aí pra gente. Chega metido a safo querendo que a gente confie em seus julgamentos sem questionar. Nós somos as amebas, ele é o oráculo!
O Windows está sempre a nos dizer "eu sei o que vocês fizeram no verão passado."   Até o mais inocente dos seres treme nas bases e faz às pressas uma reavaliação dos seus últimos atos e possíveis álibis. Em uma mistura de leão de chácara e policial frustrado ele logo ataca com um "Você executou uma operação ilegal! Mãos ao alto, cara pra parede!"  Eu considero isso ofensivo.
Postar um comentário