.

.

30 de jul de 2012

Chato

Chato, mas chato mesmo, é escrever um texto há um tempão e guardar acreditando que está ótimo; depois reler e descobrir que é uma merda.

Aproveito a oportunidade para renegar todas as minhas poesias.
Postar um comentário