.

.

5 de abr de 2013

Evidências


Já vi mil listas que mostram as evidências de que estamos ficando velhos. Resolvi também fazer a minha  listinha :

A gente deixa de ser criança quando a chuva deixa de ser convite para para a rua e passa a ser convite para ficar debaixo da coberta.

- A gente está ficando velho quando não tem mais grandes expectativas para "a festa do ano". Aproxima-se uma festa e só o que a gente pensa é: já vi esse filme. E já vimos mesmo.

- Quando não vale mais a pena sacrificar o presente em prol de um futuro promissor.

- Quando a gente começa a achar que homem é igual a criança: uma maravilha, mas cansa pra caramba.

-  Quando o termo "novo amor"  provoca um "Deus-me-livre" ao invés de um "queira Deus!" 

- Quando definitivamente deixamos de acreditar nas promessas dos vendedores.

- Quando não temos mais paciência para fingir que acreditamos nos homens. Aliás, quando não temos mais energia para fingir NADA para agradar ninguém.

- Quando somos verdadeiros ao dizer que não estamos mais nem aí para as nossas gordurinhas. Antes era só bravata.

- Quando é verdade que não estamos nem aí se não tivermos um companheiro. Antes também era só bravata.

- Essa frase não é minha, mas merece estar aqui: "Estamos ficando velhas quando nos divertimos mais ao lado de um homem do que debaixo dele."  

- Quando alguém diz que vai lhe dar uma jóia ou uma roupa muito bonita e cara e você responde: "ah, pra quê?!"

- Quando um homem lhe dá uma cantada e entre tantas possíveis respostas positivas ou negativas você apenas diz: "cara, não me encha o saco!" 

- Quando, vemos um acrobata ou adepto de esportes radicais e ao invés de lhe admirar a arte, só conseguimos pensar em como o ficaríamos moídos se tentássemos fazer a mesma coisa.

E por aí vai. A coisa não pára não!
Postar um comentário