.

.

5 de jan de 2014

Diamante no sapato


O amor é um diamante - do qual você não se livra.

Quando o recebemos ele vai direto para o coração e lá tem seu lugar de destaque: o centro do centro do centro de tudo.  Só que com os sacolejos da vida às vezes ele se desloca, sai do lugar, mas não se perde.  O amor, quando cai do coração, vai direto pra dentro do sapato.

Tem gente que anda a vida toda com aquele diamante dentro do sapato. Às vezes essas pessoas até conseguem andar eretas em sociedade mas mancam quando estão sozinhas.  Tentam se livrar do diamante mas não é fácil porque, como todos sabemos, "um diamante é para sempre".

Quando o diamante cai do coração muita gente declara que faria tudo para se livrar dele. Acho que é mentira. Quem teria coragem de se livrar de uma coisa tão linda?

Há um universo dentro de cada diamante... Dizem que, na vida, cada pessoa só recebe um deles. Já ouvi gente dizer que já foi dono de vários, mas também não acredito. Há muita teoria capenga em torno do assunto.

O que fazer quando um diamante escapole do coração e acha certinho o caminho do sapato?  Bem, você pode tentar colocá-lo novamente em seu lugar, mas não há garantia de sucesso. Isso porque o o lugarzinho que ele ocupava mudou de formato. A linda pedra não se encaixa mais. E se passar muito tempo também acontece de a cola ressecar. Se a cola está seca nada mais o manterá no lugar, então ele acaba escorregando novamente para o sapato.

Como você realmente não vai se livrar dele vou te dar um conselho: o melhor a fazer com seu diamante é transformá-lo em lembrança. Faça dele um belo pingente. Tire-o do sapato e coloque-o pendurado em seu colo, pertinho do coração. Ali ele se sentirá em casa, se acalmará e não doerá nunca mais.
Postar um comentário