.

.

7 de nov de 2014

Meninas



Hoje pela manhã, quando fui chegando no trabalho, me aconteceu uma coisa bonita-bonita.

Em um colégio ao lado havia um grupo de umas cinco menininhas com idade em torno de cinco anos. Estavam muito seguras, sentadinhas no chão atrás das grades da escola.  Por algum motivo - provavelmente motivo algum - elas riam, riam muito. Estavam felizes. E cantavam! Cantavam e riam, riam e cantavam.

Como a alegre barulheira me chamou a atenção, olhei para elas e vi que algumas acenavam alegremente para mim. Que amor, elas me viram!

Crianças adoram acenar quando estão felizes. Elas fazem questão de interagir e fazer os outros rirem também. Empolgada com a gratuidade daquela alegria eu acenei de volta e ri pra elas. Ri pra elas e continuei sorrindo com uma vontade enorme de voltar àquele portão e puxar assunto, perguntar seus nomes, fazer cócegas, contar uma história ou algo assim.

Hoje tive certeza, certeza mesmo, do poder de um sorriso quando começa o dia. Aquelas menininhas "morrendo de felicidade", cantando e acenando pra mim, foi como um sol particular no meu caminho. Me senti tão especial, tão importante! Me senti - você vai dizer que não tem nada a ver, mas tem - me senti querida por Deus.

Um sorriso de criança faz o mundo parar e todos os problemas parecerem bobagem. Parece que tudo vai dar certo e o mundo ainda tem jeito - mesmo que não tenha.

Estou feliz até agora.
Postar um comentário