.

.

26 de mar de 2015

Em casa


A tarde está realmente linda! Uma cara alegre, um resto de sol laranja. Mas meu apartamento está arrumado, cheiroso, e não consigo pensar em melhor lugar para estar do que aqui mesmo.

Lembro de um ditado antigo que minha madrinha sempre recitava, para a minha revolta: "boa feitoria faz quem na sua casa fica em paz."   Ela sempre dizia isso nas horas que eu mais queria sair. Eu a pressionava para nos levar para passear e ela vinha com essa. Pois hoje concordo e repito, rindo, o mesmo para os meus botões.

Quando criança o que eu mais queria era crescer logo para poder sair sozinha. Sair sem precisar de permissão nem guarda-costas nem dar satisfações a ninguém. Pois veja você como a vida é irônica... hoje posso tudo isso mas prefiro me refestelar aqui no sofá, escrevendo, ouvindo música e depois vendo um filme, cochilando, pensando na vida, visualizando o futuro, considerando o passado. Banho tomado, toalha úmida.

Eu queria crescer logo para poder ficar sozinha e fazer o que eu quisesse. E hoje tudo o que eu quero fazer é o mesmo que os adultos da época faziam.
Postar um comentário