.

.

28 de jun de 2017

Aquilo que você já sabe.

Pra mim é o seguinte: rotina só é ruim quando não é boa.
Eu mesma não queria abrir a janela ao amanhecer e ver cada dia o sol com uma cara diferente. Sol roxo. Sol cinza. Sol vermelho com bolinhas pretas. Sol amarelo com listras azuis. Não. Gosto mesmo é desse mesmo sol amarelinho e descabelado de todas as manhãs.  Qual o problema?

Não entendo essa implicância que algumas pessoas tem com a rotina.  Rotina é bom!

A pior implicância mesmo é implicar com a rotina da convivência a dois. Dá até vontade de rir quando vejo uma recém-casada dizendo que está sempre bolando alguma coisa nova para o relacionamento não cair na rotina.  Ha ha ha. Só quero que ela venha conversar comigo daqui a trinta anos.  Quem é que aguenta o peso de ter que estar bolando novidades para escapar da rotina do casamento? Se o casamento tende a ser insuportavelmente chato a ponto de você precisar ter essa preocupação, vou te dar um conselho: ao invés de ficar imaginando coisas caia fora.  O bom casamento não é aquele com uma novidade por dia. O bom casamento é justamente aquele no qual duas pessoas se deliciam no que já conhecem de sobra e ainda assim continuam querendo. Êta coisa boa!

Bom do casamento (e de tudo o mais) é justamente a boa expectativa.  Há coisa melhor do que deitar já sabendo que receberá aqueeeele cafuné de boa noite? Por quê esse cafuné tem que ser cada dia de um jeito, meu Deus do Céu?  Outro exemplo: eu não gostaria de chegar ao meu restaurante favorito e encontrar cada vez o meu pedido com um gosto, um tempero, um corte diferente. NÃO! Eu quero comer exatamente aquilo que eu já comi na imaginação. Se mudarem alguma coisa eu reclamo.

O sucesso das franquias é justamente a pessoa entrar no estabelecimento já sabendo o que vai encontrar, sem invenções nem "criatividades".

Imagine-se em um casamento no qual você tenha a tarefa de toda a semana inventar um novo local para acasalamento (legal esse termo, né?), uma roupa diferente, uma música diferente, uma posição diferente... Acorda! Isso é impossível! Não há criatividade que aguente.  Além do mais, nada que você inventar será mesmo diferente. Todas as posições "diferentes" já são manjadas desde que o mundo é mundo. E mesmo que para você elas sejam novidade, daqui a pouco tempo vão deixar de sê-lo. Ou você gosta de fruta ou não gosta. Decida.

Sério, as pessoas tem que entender que não existe a menor possibilidade de estar com alguém por trinta anos e ainda assim ter "novidades" toda a semana. E isso não é lamentável, mas desejável!   Acho que a pior rotina é a de ter que ficar o tempo todo bolando um jeito de sair da rotina. Cruz-credo!

Há algo melhor do que entrar no quarto do filho sabendo que ele está lá, previsivelmente com saúde, que vai previsivelmente sorrir para você e previsivelmente te dar aquele abraço "manjado" de bom dia?  Há algo melhor do que flagrar o olhar carinhoso da pessoa amada previsivelmente direcionado a vocÊ? Há algo melhor do que aquele mesmo cheirinho de café novo? Imagine uma cozinheira que fizesse um cafezinho todo dia com um gostinho diferente para não cair na rotina. Eu mandaria ela embora. Há algo melhor do que o bom e "manjado" orgasmo? Você já sabe como é,  gosta de sentir aquilo e não precisa de inovação: só da boa e certeira re-re-re-repetição.

As melhores coisas dessa vida não comportam versão remix. Quero chegar em casa e torcer para encontrar sempre as mesmas coisas que amo. A felicidade está justamente em saber que as coisas que apreciamos continuarão sempre do mesmo jeito, no mesmo lugar. As dores da vida estão justamente na fatalidade de não conseguirmos manter pra sempre aquelas coisas que nos fazem felizes.

Acho que a felicidade é como um bom pudim de leite: simples e previsível. Quanto mais tentam incrementar um pudim, pior ele fica. Pode conferir.

Eu não consigo sentir água na boca por aquilo que desconheço o sabor. Quão doce é a expectativa da espera quando o desejado já foi mentalmente saboreado!

Quem muito muda é porque ainda não achou o ponto certo. No dia em que você comer um pudim perfeito  você entenderá que qualquer cereja a mais é heresia.
Postar um comentário