.

.

31 de mai de 2012

Praça


Fui à praça. Que beleza!
E vi a Dona Alegria
Desocupada e vadia
Papeando com a Tristeza.

Crianças meigas pulando
Pedinte com papo-trapaça
Pipoca doce exalando,
Cocô de cachorro, cachaça.

Chafariz imitando sereno
Mijando em cima do mundo
Dando gripe nos pequenos
Refrescando os vagabundos

Vi casais de namorados
Num atraso de dar dó.
Coroa puxando criança?
Claro que ela é a avó!

Outro dia volto à praça
Para ver o belo e o esquisito
Nessa vida tudo passa
Por passar é que é bonito.

Cristina Faraon
Postar um comentário