.

.

8 de ago de 2012

Mistério

Somos estranhos.

Direto ao assunto: jamais entendi uma mulher heterossexual que se casa com um homem homossexual.  Em termos de comportamento humano esse caso está entre os mais difíceis de entender.

A motivação do homossexual me parece mais compreensível  (dar uma "satisfação" à sociedade, mesmo que essa sociedade não mereça nenhum tipo de satisfação).

Posso estar com grave dificuldade de enxergar algum ponto obvio. Posso estar desconsiderando detalhes relevantes dessa história. Mas o fato é que costumo ter muita pena das mulheres que casam com os homossexuais - e elas não são poucas!

Não me refiro aos homossexuais "enrustidos", não assumidos. Refiro-me àqueles que se comportam como tal, que tem todos os trejeitos, que não tentam ser machões, que se aceitam como são.  Me parece que para uma mulher se casar com um homem assim ela  está vivendo o cúmulo da carência da figura masculina.

Não que os homossexuais não possam ser pessoas ótimas e oferecerem-se a si mesmos como amizades belas e gratificantes. Podem sim e frequentemente são desse jeito. Só que uma mulher precisa de mais do que um irmão ao seu lado.

Já conheci uns casais assim. Todo mundo saca, todo mundo vê, todo mundo comenta mas ninguém entende. E não adianta dizer que "não é da sua conta" porque o ser humano é curioso e a mente humana é essencialmente inquisitiva.

Como um casal assim consegue reger a própria orquestra?  Mistério.

Mulheres... Nem eu entendo.
Postar um comentário