.

.

23 de fev de 2015

Cansada

Filmes, noticiários e vida real: estou cansada do mundo. Cansada de tanto sangue e de tanta maldade. Cansada de tentar entender como é possível existir pessoas que dedicam a própria vida a criar um inferno para si e para os outros. Cansada de ver tudo se desintegrar a minha volta e não conseguir fazer nada. Cansada, cansada. Não quero salvar o mundo; quero o fim do mundo. Juro. Isso aqui não tem mais jeito. O mal já alcançou uma proporção tal que estamos falando de uma laranja podre. Pra que serve uma laranja podre? 

Estou cansada do engano, dos enganadores e dos que gostam de ser enganados. Estou cansada dos que preferem viver uma mentira e se satisfazem com superficialidades vendendo a alma em troca de uma boa imagem. Estou cansada de ver crianças nascerem e nós saudarmos seu nascimento como se fosse algo bom para elas. Não é. Ninguém precisa nascer. O mundo não é um lugar bom. É maldade trazer esses anjinhos à luz. Eles não sabem o que os espera. Estou então cansada de ter pena dos anjinhos, cansada de chorar pelo seu futuro, cansada de ter medo pelos meus filhos, cansada do mal. Cansada até de me sentir culpada pelo alívio que sinto quando uma pobre criança, por fim, não nasce.

Cansada.
Postar um comentário