.

.

17 de mar de 2016

Lente de aumento

Muitos de nós somos tolerantes com as formigas. Às vezes até com as moscas. De longe são tão rápidas e  pequeninas que parecem insignificantes.  E pra completar não costumamos perceber  um prejuízo imediato causado pela presença delas passando tão rapidamente pela nossa comida. Não há rastros observáveis, apenas rastros teóricos, coisa de cientista, de gente chata e detalhista. O "efeito mosca"  é coisa pra estudioso, está distante de nós - assim costumamos pensar.  Mas quando pegamos uma lente de aumento e olhamos a cara horrível de uma mosca, como ela é mesmo, a repulsa é muito grande.  Alguém pode argumentar "mas por que o nojo só agora, se você suportou isso a vida toda e vive comendo doce de padaria?" É que de perto é diferente. De perto choca.

Isso nós devemos realmente agradecer ao PT.  Taí seu legado. O brasileiro tolerou a corrupção por muito tempo porque não via nada demais naquelas formiguinhas passeando em cima do nosso pão de cada dia. A gente deixava pra lá porque não percebia ou não queria perceber os resultados. Pra quê se levantar da poltrona para afugentar moscas ou formigas se não vão me matar?   Isso sempre foi assim! Mas o PT conseguiu colocar tudo na lente de aumento e esfregar na nossa cara.  E  nós nos  assustamos.  Finalmente vimos o quanto tudo aquilo é feio, é nojento. Se desse para a gente vomitar o passado, vomitava, mas não dá.

O Lula é a cara da mosca na lente de aumento. Ele é também uma caricatura ´grotesca da sociedade brasileira, de nós mesmos. Isso dói e torna ainda mais difícil encara-lo. Seu cinismo grosseiro nos traz à memória o cinismo maroto com o qual todos nos deparamos no dia-a-dia sem dar muita bola. A gente estava acostumado, nem ligava mais. Mas aí ele aparece, faz, fala, xinga e esbraveja e no final das contas nós o reconhecemos em todas as moscas. A gente até queria "desver", mas não dá.

Daqui pra frente todas as vezes que presenciarmos "pequenas moscas" vamos nos lembrar daquela figura grotesca desafiando nossa consciência. Isso pode  nos salvar. Tomara que nos salve.

Finalmente estamos com nojo do que estávamos engolindo.
Postar um comentário