.

.

27 de mai de 2016

O inferno são os outros


No socialismo petista ninguém é diretamente responsável por nada. Eles sempre jogam para o genérico. Pode reparar. O culpado pelo estupro não foi o estuprador: foi "a cultura do estupro." 
O responsável pelo roubo não é o ladrão: é o "capitalismo opressor".  O responsável pelo vício não é o sujeito que livremente decidiu se drogar. A culpa também não é de quem vende a droga. A culpa é do "Estado, que proíbe as drogas". Se os terroristas do MST invadem, quebram, matam, barbarizam, a culpa também não é deles. A culpa é "da propriedade privada".

E por aí vai. O raciocínio torto petista não tem limite pra ser ridículo.  Tudo de errado que a Dilma fez não é culpa dela. É culpa dos outros, do sistema; é culpa "de quem inventou a corrupção."

O fracasso econômico socialista também não se deve ao equívoco dessa doutrina.  A culpa do desabastecimento, fome, filas quilométricas, desemprego , carência geral - tudo é sempre culpa do "boicote capitalista".

Uma ideologia na qual ninguém se sente responsável pelos seus próprios atos, o que acontece? Aumento da criminalidade , delinquência, desordem. Sentimento de culpa zero. Uma sociedade de psicopatas.

Vítimas não podem fazer nada,  pois são apenas os sujeitos passivos da ação. Só quem pode mudar alguma coisa é quem sabe que tem culpa. E se ninguém é culpado de nada,  segue-se que ninguém pode fazer nada. 
Postar um comentário