.

.

9 de jul de 2016

Tudo que há nesse mundo

Tudo o que há de bonito nesse mundo foi feito por amor. Pode reparar.  Ou foi o amor às pessoas ou amor à arte, ou amor ao belo, amor ao desafio, amor ao conhecimento.  Sem esse sentimento, que vai muito além do dinheiro, nada que presta existiria.
A tinta linda com a qual você pintou a sala não existiria sem alguém apaixonado por química. Alguém amava as cores desde criança e sabia diferenciar nuances e nuances. Foi alguém com um olhar especial que estudou, se dedicou e jogou no mercado,  vitorioso,  algo que te fez parar e sorrir.  Você está bebendo dessa fonte cada vez que chega em casa, acende a luz e se sente satisfeito com sua parede. 
Você não voaria se alguém não amasse o conhecimento,  o desafio, se não amasse entender aerodinâmica, física, pássaros. Com certeza foi uma pesquisa apaixonada,  que absorveu uma vida inteira,  que te levou para dentro de uma aeronave e possibilitou que você observasse as nuvens de cima para baixo. O nome disso é amor.
Você não existiria se alguém,  romanticamente,  não se apaixonasse pela idéia de te abraçar,  te amparar, segurar em sua mãozinha e ser relevante para pelo menos uma pessoinha nesse mundo de meu Deus.
Mesmo quem quer apenas ganhar dinheiro precisa do conhecimento de inventores, cientistas, artistas, artesãos... Precisa beber na fonte disponibilizada pelos amantes da vida, dos cheiros e sensacoes, de pessoas que simplesmente adoram o que produzem, adoram os calos que tem e não conseguem parar de fazer o que fazem e o fariam ainda que não recebessem nada em troca. 
O amor está na raiz de tudo que é bom e belo. Cada música maravilhosa foi o produto desinteressado de uma alma encharcada de amor pelos sons e ritmos.
Mesmo na pior situação sempre existirá um rastro de amor que te sustenta. Num caminho árido e cinzento você poderá, mesmo cansado, encontrar um papel de bombom jogado no chão. Um papel amassado e colorido que te lembrará de beijos, de crianças em recreios,  festas, doceira. Essas lembranças delicadas te dirão novamente o quão caro você  é à vida.  Porque tudo foi feito pra você.  É por você que os sinos dobram.
Postar um comentário